Transformamos o seu negócio em uma franqueadora

Transformamos o seu negócio em uma franqueadora

Vantagens de transformar o seu negócio em uma rede de franquia

Crescimento com o capital de terceiros

Sabemos como é custoso consolidar de verdade um negócio em uma cidade. Pensar em fazer isso em âmbito nacional com capital próprio seria uma tarefa muito difícil, mas com modelo de Franquia, onde os franqueados aportam o capital necessário em cada região, esse sonho é totalmente possível.

Crescimento com redução de riscos trabalhistas

O risco trabalhista tem sido um dos grandes pesadelo para os empresários em nosso país, mas isso não acontece com os franqueadores, porque não há vínculo empregatício entre os franqueados, seus funcionários e a franqueadora, em um país como Brasil, isso faz uma grande diferença no risco da operação.

Crescimento em larga escala

As vantagem do modelo de franquia são igualmente proporcionais ao crescimento da rede. Quanto mais unidades são abertas mais poder de compra a franqueadora ganha, tornando os produtos e serviços adquiridos pela rede cada vez mais baratos. Isso também acontece em outras frentes, como investimento em marketing, por exemplo.

Fale com o especialista por Whatsapp

Dê os primeiros passos para crescer

A hashtag franquias é uma empresa especializada na formatação de franquias, marketing para redes de franquia e vendas de novas unidades franqueadas.
Nossa trabalho consiste em preparar, formatar, executar impulsionar e controlar o crescimento e desenvolvimento de sua futura rede.
Também realizamos a internacionalização de marcas do Brasil para os Estados Unidos e dos Estados Unidos para o Brasil. Entre em contato conosco e deixe nossa equipe lhe ajudar a alcançar seus maiores objetivos.

Dúvidas Freguentes

Conforme a definição da International Franchise Association (IFA), “Franchising é uma relação contratual entre o franqueador e o franqueado, na qual o primeiro oferece ou é obrigado a manter uma atenção permanente ao negócio do segundo. O franqueado, por sua vez, investe os próprios recursos no próprio negócio, que será operado sob um nome comercial comum e de acordo com um ‘formato’ padrão estabelecido e controlado pelo franqueador”.

É o empresário que, sendo detentor de uma determinada marca e tendo desenvolvido e testado um modelo de negócio, opta pela adoção do sistema de franquias como forma de expansão e distribuição de seus produtos e/ou serviços, cedendo o direito de uso dessa marca e transferindo o know-how de implantação e gestão desse modelo de negócio a outros empresários, os franqueados, que remunerarão o franqueador pelo uso desses direitos.

É quem adquire o direito de uso da marca e know-how desenvolvido pelo franqueador. O franqueado será treinado pelo franqueador para operar a franquia e deverá seguir os padrões exigidos por ela. Um contrato regerá a relação entre as partes e caberá ao franqueado o pagamento de taxas para remunerar o franqueador pela utilização desse sistema da franquia.

• Possuir experiência de mercado com o modelo de negócio que está
sendo franqueado;
• Ser o licenciador do direito de uso da marca e/ou patentes;
• Ser responsável pelo desenvolvimento do sistema (know-how técnico e comercial) e expansão do modelo de negócio;
• Ocupar-se em desenvolver novos produtos e serviços e realizar planejamento de longo prazo para a marca;
• Prestar serviços de consultoria e assessoria junto à sua rede de franqueados;
• Liderar pela competência, mantendo o padrão nos pontos onde a
marca esteja presente;
• Gerir a rede.

• Gerenciar a unidade franqueada;
• Utilizar a marca e a metodologia conforme aprovadas e transmitidas
pelo franqueador;
• Vender os produtos/serviços distribuídos pela franqueadora ou pelos
fornecedores homologados;
• Monitorar a concorrência;
• Manter o padrão estipulado pela franquia;
• Buscar um bom relacionamento na rede;
• Efetuar o pagamento das taxas cobradas pelo sistema.

• Taxa de franquias: taxa paga pelo franqueado à franqueadora, uma única vez durante toda a vigência do contrato de franquia, para adesão ao sistema;
• Taxa de royalties: taxa paga pelo franqueado referente à remuneração pelo direito de uso da marca e transferência de know-how;
• Fundo de marketing ou de propaganda: soma das contribuições feitas por todos os franqueados da rede para cobrir os investimentos em ações de marketing com o objetivo de atrair e manter clientes.

• A LEI Nº 13.966, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2019, dispõe sobre o contrato de Franquia empresarial. Em seu artigo terceiro, especificamente, detalha a Circular de Oferta de Franquias (COF), informando que sempre que houver um franqueador com interesse em comercializar sobre o sistema de franquias, deverá fornecer ao candidato a franqueado a COF, em linguagem clara e objetiva, para que ele compreenda as informações relativas ao negócio antes da compra de uma unidade. Cabe ressaltar que a COF deve ser entregue ao candidato em até 10 dias antes da assinatura do contrato ou pré-contrato e/ou pagamento de qualquer taxa.

Segundo o Artigo Segundo da Lei de Franquia não existe vínculo empregatício entre as partes. O franqueado é um empresário que, por meio de uma empresa da qual ele participa como sócio, manterá um contrato de franquia com a empresa franqueadora.

Os contratos de franquia são firmados por tempo determinado – de 5 anos, em média. Neles, devem estar contidas as cláusulas para sua renovação. É importante observar que o tempo do contrato nunca deverá ser inferior ao tempo estimado para o retorno do capital investido pelo franqueado.

Quando sei que estou pronto para ser um Franqueador?

Quando sei que estou pronto para Franquear?

Tem demanda por seu produto ou serviço?

Pense no potencial de expansão da marca. Você oferece algo que é altamente demandado pelo mercado? Além disso, há muitas ou poucas empresas que fazem o mesmo que você? Existem empresas que não dão conta da procura por aquilo que vendem, todos elogiam seu produto ou serviço? Nesses casos, pode fazer sentido haver outras unidades da marca.

Contrate um Especialista

Todas as Franquias precisam dispor de documentos muito específicos. É preciso elaborar a Circular de Oferta de Franquia (COF) e o contrato de franquia, manuais, é necessário ter a marca registrada, etc. Por isso para aderir ao franchising e procure uma consultoria que já tenha essa experiência no mercado.

Entenda suas novas reponsabilidades

Tenha em mente que administrar uma rede de franquias é muito diferente de liderar uma marca própria. Aliás, são como dois negócios diferentes, com atividades, rotinas, equipes e finanças distintas. Seu dia a dia irá mudar completamente você terá uma rede para cuidar.

Você tem Know how para passar as pessoas?

É essencial ensinar ao franqueado os passos e os processos da operação. Não é algo fácil, mesmo para um empreendedor extremamente organizado, é preciso conhecer a fundo o seu ramo e o seu negócio, é necessário transformar os procedimentos em ações que possam ser desempenhadas por outras pessoas.

Saiba o perfil ideal do seu franqueado

Na seleção de franqueados, não basta escolher aquele que tem interesse na marca e o dinheiro necessário para o investimento inicial. Esse parceiro precisa ser meticulosamente escolhido. Nem todas as pessoas que gostam de alimentação serão bom franqueados de fast-food. Por isso, é necessário elencar todas as características que serão exigidas dos candidatos, incluindo experiência e competências, e estruturar um processo seletivo.

Fale com o especialista por Whatsapp

Tire suas dúvidas on-line com nossos consultores

Fale com o especialista por Whatsapp

Vídeos que podem te ajudar

Como abrir uma franquia?

Como transformar minha empresa em uma franquia?

Como registrar uma marca?

Como saber que negócio abrir?

Como saber se tenho perfil empreendedor?

Como identificar segmentos de mercado?

Será que vale a pena investir em uma franquia de alimentação?

Abrir a própria empresa é algo que já passou pela cabeça de muitos brasileiros – mais precisamente, 82% deles, de acordo com a pesquisa da Amway Global Entrepreneurship Report A pesquisa reflete o desejo de ter mais liberdade e autonomia no dia a dia, de ser responsável pelas próprias decisões e de não ter que responder a ninguém além de si mesmo e do próprio cliente. Parece ótimo, certo? No entanto, entre querer abrir uma empresa e de fato colocar o plano em prática há longo percurso e importantes decisões a serem feitas. É preciso encontrar um nicho de mercado que esteja em alta (e com tendência de se manter assim), fazer um bom plano de negócios, pensar em um nome, descobrir se há demanda de público, escolher uma sede, fazer um cuidadoso planejamento financeiro, contratar pessoas, criar estratégias de marketing e vendas, definir metas. A lista não para por aí e muita gente desiste antes mesmo de chegar ao final dela. Não é por menos que, na mesma pesquisa já citada, constatou-se que dentre os que dizem que querem empreender, apenas 33% seguem com os planos e abrem seu próprio negócio. No entanto, existem caminhos que facilitam esse processo e permitem que a jornada do empreendedorismo seja mais suave. Um deles é a abertura de franquias, um modelo de negócios em que o franqueado adquire a forma de operação, o direito de uso da marca e a distribuição de produtos ou serviços de outra empresa bem-sucedida no mercado. Em outras palavras, uma franquia nada mais é do que uma forma de reproduzir um negócio que já deu certo para ajudá-lo a expandir e alcançar mais pessoas. As vantagens para quem investe em franquias são muitas, como a possibilidade de abrir um empreendimento que já conta com uma marca forte e, com ela, inserir-se rapidamente no mercado. Além disso, é possível já começar a empreender a partir de um modelo de negócios estruturado, ter treinamento e apoio para manter a estrutura e a qualidade, a possibilidade de ratear investimentos em ações de marketing e de ter apoio para expansão dos negócios. Apesar de as franquias se mostrarem como uma forma de empreender que apresenta mais segurança, é importante analisar o mercado e as projeções de crescimento do segmento em que se pretende investir antes de seguir por este caminho. Uma franquia pode trazer retornos mais rápidos do que começar uma empresa do zero – contanto que o segmento de atuação tenha força e projeções favoráveis. Um dos segmentos de mercado que se destaca com bons números de crescimento é o de alimentação saudável. De acordo com a Euromonitor International, R$92,5 bilhões foram movimentados pelo setor em 2017 no Brasil, e previsão de crescimento anual até 2022 é de, em média, 3%. Para dar a dimensão do valor do segmento, vale notar também que, de acordo com o Sebrae, houve um crescimento de 98% no mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar entre 2009 a 2014.

Fonte: G1

Dê os primeiros passos para crescer

A hashtag franquias é uma empresa especializada na formatação de franquias, marketing para redes de franquia e vendas de novas unidades franqueadas.
Nossa trabalho consiste em preparar, formatar, executar impulsionar e controlar o crescimento e desenvolvimento de sua futura rede.
Também realizamos a internacionalização de marcas do Brasil para os Estados Unidos e dos Estados Unidos para o Brasil. Entre em contato conosco e deixe nossa equipe lhe ajudar a alcançar seus maiores objetivos.